Agentes da CET e funcionários das Prefeituras Regionais terão novos uniformes

O prefeito João Doria apresentou nesta quinta-feira (8) os novos modelos dos uniformes dos agentes de trânsito da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e dos funcionários das praças de atendimento das 32 Prefeituras Regionais. Serão distribuídos mais de 2 mil kits com um total de 54.500 peças viabilizadas por meio de uma parceria com o Sinditêxtil SP e a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT),  que reuniram diferentes empresas do setor para a doação dos materiais e a confecção dos uniformes, sem contrapartidas para o município.

“Nós iremos seguir com esse programa de busca por doações para garantir tudo o que for necessário para melhorar a vida dessas pessoas, que prestam serviços para a população da cidade. Quero agradecer o apoio das indústrias e empresas que estão cooperando”, afirmou o prefeito, que ressalta a importância para a capital de parcerias com as empresas e se coloca à disposição de outros representantes da iniciativa privada que desejarem contribuir com a cidade.

O valor estimado da doação é de R$ 3 milhões. A Prefeitura optou por um tecido mais leve e moderno, que permite mais conforto para os funcionários, levando também em consideração as condições climáticas da cidade.

Os uniformes são assinados pela estilista Milena Satyro, que os criou pensando no bem-estar dos funcionários. “Desenhar estes uniformes já era um sonho antigo que eu tinha. Eles são agentes que protegem e estão em seus postos de trabalho para cuidar das pessoas. Por isso, eu busquei fazer com que eles se sintam mais confortáveis para esticar os braços, agachar, agregando a segurança e ressaltando a importância do trabalho deles”, disse Milena Satyro.

Serão 293 kits distribuídos para os funcionários das praças de atendimento das Prefeituras Regionais, com peças nas cores azul marinho e azul claro. Os kits contam com três calças de sarja, jaqueta, um suéter e um par de sapatos. Os femininos contam com duas camisas manga longa, duas de manga curta e duas saias. Já os masculinos têm quatro camisas de manga longa.

Para a CET, serão 1.739 kits com duas calças de sarja, duas camisas manga curta, uma de manga longa, duas camisetas que podem ser usadas como segunda pele e um par de botas pretas. Também estão previstas jaquetas de inverno, para motociclistas, bonés, bermudas, além de jaquetas e calças de chuva. Com o objetivo de dar mais visibilidade e segurança aos agentes, além de atender aos padrões internacionais, os antigos uniformes serão substituídos pela cor amarela.

Participaram da doação dos uniformes das Prefeituras Regionais as empresas Bivik, DL, Kabriolli, Lorsa, Paramont, Pixie, Malharia Vitória e Única. Já os da CET foram doados pela Capricórnio, CHT, DM Refletivos, Hyosung, Ideal, Irmãos Perfeito, Leal, Moais, MN, Única, Vectra e Vicunha. Estas empresas foram responsáveis pela doação dos tecidos, calças, camisas, zíperes, ingredientes de tingimento, botões, faixas refletivas, faixas fluorescentes, sapatos, suéteres, saias, entre outros. A Couromoda fez a doação dos calçados em nome das indústrias de calçados de Franca.

“É um uniforme que tem estilo e ao mesmo tempo é muito confortável. É uma roupa que garante também que nós tenhamos segurança para prover segurança para os cidadãos e assim ajudar melhor as pessoas”, disse o agente da CET, Marcelo Borges.

A estimativa é que os uniformes comecem a ser distribuídos para os funcionários das Prefeituras Regionais a partir de julho e, em setembro, para os agentes da CET.

SPNegócios
A doação dos novos uniformes teve a coordenação e a participação da SPNegócios. Cabe ao órgão identificar e articular oportunidades de investimentos nos setores econômicos definidos como estratégicos pelo Poder Executivo, como a exportação de produtos e serviços das empresas do município.

O órgão também é responsável por atrair novos investimentos, nacionais e estrangeiros, articular parcerias institucionais, públicas e privadas, para estimular investimentos no município, além de potencializar a imagem da cidade no Brasil e no exterior como polo de realização de negócios.

Para o cumprimento do seu objetivo, a SP Negócios pode celebrar convênios, contratos, ajustes e parcerias com pessoas físicas e jurídicas de direito público e privado, nacionais, estrangeiras ou internacionais, atendidas as exigências do contrato de gestão.