Alckmin assina termo de cessão de prédio para instalação da primeira Escola Portuguesa do Brasil

O governador Geraldo Alckmin e o embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Cabral, assinaram nesta quinta-feira, 29, o termo de cessão de posse, por 20 anos, do prédio da Escola Estadual Portugal em favor do Ministério da Educação da República Portuguesa, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes. O prédio, localizado no bairro do Sumaré, abrigará a primeira Escola Portuguesa do Brasil. “É uma boa parceria. Teremos parte das vagas para alunos de escolas públicas estudarem de graça e cursos de aprimoramento para os professores da rede estadual. Isso vai fortalecer ainda mais os laços entre o Brasil e Portugal”, disse o governador.

O projeto é fruto de um plano de cooperação entre o Governo Português e o Governo do Estado de São Paulo, por meio de sua Secretaria da Educação, concretizando o decreto de cessão assinado pelo governador e pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, em junho de 2017, na presença do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e do Primeiro-Ministro, António Costa. A futura escola será uma instituição de ensino com dupla certificação curricular, dotada ainda de um Centro de Língua Portuguesa e de um núcleo de formação para professores. A expectativa é atender todas as nacionalidades, garantindo ainda um percentual de vagas para alunos da rede pública estadual.

Grupo de Amigos e Patronos

Em paralelo, foi já criado o Grupo de Amigos e Patronos da Escola Portuguesa, plataforma aberta a todas as instituições, empresas, individualidades, organizações e lideranças que queiram contribuir para o processo de edificação e estruturação da futura Escola.