Alckmin autoriza mais R$ 9,7 milhões para 62 municípios paulistas

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta quinta-feira, 28 de setembro, o 10º lote de convênios do ano, com 62 municípios paulistas e entidades, num total de 73 acordos celebrados.  O investimento total será de R$ 9,7 milhões.

“Assinamos convênios com municípios e entidades, Santas Casas de Misericórdia, entidades que tratam de pessoas com deficiências, crianças, idosos. Quase R$ 10 milhões e dois princípios: a parceria e a descentralização. Até o genial Neymar, do Paris Saint-Germain, alguém tem que dar o passe para ele ou ele tem que dar o passe para alguém. O caminho é a boa parceria com a sociedade civil organizada e os governos locais”, comentou o governador Alckmin.

Os convênios estão divididos por seis secretarias, sendo: 52 da Saúde, com investimentos de R$ 6,2 milhões para 47 municípios; 17 da Casa Civil, R$ 2,9 milhões para 17 municípios; um convênio da Secretaria de Desenvolvimento Social com o Lar São Vicente de Paulo, da cidade de Santa Rita do Passa Quatro, no valor de R$ 100 mil para reforma; e um da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência com a prefeitura de Cristais Paulista, para aquisição de veículo adaptado, de R$ 130 mil.

A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude assinou um convênio com a Prefeitura de Itaoca para reforma e ampliação da quadra de esportes, no valor de R$ 180 mil; e a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, um convênio para a Campanha pelo fim do Racismo no Samba e no Esporte, no valor de R$ 110 mil.

Entre os convênios da Saúde, o Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo receberá R$ 400 mil reais para custeio. A Prefeitura de Bebedouro, R$ 300 mil para custeio da área; a de Queluz, R$ 250 mil, e o município do Guarujá também R$ 250 mil. Na Grande São Paulo, a Prefeitura de Embu das Artes recebe R$ 200 mil para aquisição de equipamentos; e em Guarulhos, a Associação Beneficente Jesus José Maria também R$ 200 mil para custeio.

Nos convênios da Casa Civil para obras de infraestrutura, a Prefeitura de Borborema receberá R$ 300 mil; Miracatu, R$ 280 mil; enquanto Pariquera-Açú, Carapicuíba e Taguai recebem R$ 250 mil cada uma.

“Em nove meses, já realizamos quase mil convênios com municípios, com investimentos superiores a R$ 145 milhões. Mesmo com a situação econômica do país, o Estado de São Paulo manteve suas contas equilibradas e ainda tem recursos disponíveis para ajudar aos municípios. Resultado de uma gestão correta, com planejamento e comprometimento com a população. Por isso, entre as nossas prioridades estão as obras de infraestrutura, reformas, aquisição de equipamentos e de ambulância, auxílio no custeio de hospitais, entre outros. Ou seja, setores que vão refletir diretamente na qualidade de vida do cidadão”, explica o secretário-chefe da Casa Civil, Samuel Moreira.

Desde o início do ano, o Governo do Estado já firmou 986 convênios, num total de R$ 145.146.612,53 milhões de investimentos.