Assinado Termo de Compromisso Ambiental (TCA) para liberação das obras do Mercado Municipal de Santo Amaro

Foi assinado e entregue na última quinta-feira, 02/07, o Termo de Compromisso Ambiental (TCA) pela Secretaria do Verde e Meio Ambiente ao Consórcio Fênix que será responsável por administrar o Mercado Municipal de Santo Amaro (Mercadão de Santo Amaro) pelos próximos 25 anos.

O Termo foi assinado nas instalações provisórias do Mercadão pelo Secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo de Castro, e pela Representante do Consórcio Fênix, Sônia Keiko, na presença da Presidente da Associação dos Permissionários do Mercado Municipal de Santo Amaro, Fatima Habimorad, do Vereador Rodrigo Goulart e de Antonio Goulart, da Subprefeita de Santo Amaro, Janaina Lopes de Martini e também de permissionários.

“Estamos entregando o documento da Secretaria do Verde e Meio Ambiente para que a concessionária faça os procedimentos finais para concretizar a concessão e tocar o projeto da forma como foi modulado. Estamos atendendo a um pedido pessoal do Prefeito Bruno Covas e do Vereador Rodrigo Goulart. Gostaria de aproveitar o momento para enaltecer também a atuação de Antonio Goulart que fez um trabalho brilhante pela região como vereador e também como deputado”, destacou Eduardo de Castro.

Durante a assinatura do TCA, o Vereador Rodrigo Goulart relembrou os momentos vividos ao lado dos permissionários e reforçou seu compromisso junto a eles. “Estamos cumprindo o nosso papel de representante de vocês, pois sofremos juntos com todos aqui por conta desta tragédia que aconteceu. Desde o início estamos dando todo apoio necessário e neste ato quero reafirmar o nosso compromisso com vocês e o nosso empenho junto ao Prefeito Bruno Covas. Com a liberação do TCA e as tratativas junto a Secretaria Municipal de Licenciamento para obtenção do alvará vamos cobrar o início das obras”, ressaltou Rodrigo Goulart.

O Mercado Municipal de Santo Amaro iniciou suas atividades em 1958 e foi destruído por um incêndio em setembro de 2017. Desde então, os comerciantes trabalham em uma tenda improvisada, onde funcionava o estacionamento. 

Foi aprovada pela Câmara Municipal a concessão do Mercadão à iniciativa privada, cujo vencedor da licitação foi o Consórcio Fênix.  O contrato foi assinado em agosto de 2019 pelo valor total de R$ 51 milhões, sendo R$ 21,3 milhões em investimentos da empresa na reforma no Mercado, R$ 24,2 milhões pela concessão e R$ 5,5 milhões a serem pagos à Prefeitura de Imposto Sobre Serviço (ISS).

Segundo a Concessionária Fênix, a população terá acesso a um projeto inovador, focado em transformar o Mercadão em um polo gastronômico. E os permissionários contarão com uma estrutura profissional, que privilegiará o conforto e devolverá ao local a vocação para ponto de encontro da comunidade local. Tudo sem perder as características que o fazem tão importante para a cidade de São Paulo.