Casa da Mulher Brasileira é inaugurada em São Paulo

A primeira desse tipo no estado chega a capital para oferecer serviços especializados para mulheres que sofrem violência doméstica

Na sexta-feira (09/03), realizou-se a cerimônia de entrega da chave da primeira Casa da Mulher Brasileira no estado de São Paulo. A instituição atuará com ações de serviços especializados com atendimento humanizado às mulheres. No Orçamento Municipal de 2018 o vereador Ricardo Nunes acolheu cerca de R$ 10 milhões a políticas para mulheres acolhendo emendas das 10 vereadoras mulheres da Câmara Municipal que se uniram pela causa.

A casa contará com serviços especiais de acolhimento, um juizado especializado em violência doméstica e familiar, uma delegacia especializada de atendimento e uma equipe de apoio social e psicológico. A casa fica no bairro do Cambuci.

Como relator do Orçamento de 2018, o vereador Ricardo Nunes acolheu dois milhões de reais para a implantação da Casa da Mulher Brasileira. “Fiz questão de acolher uma verba específica para esse trabalho importante e essencial para as mulheres”, conta o vereador Ricardo Nunes. “Lá elas terão um atendimento de qualidade e um serviço especializado”, finaliza Ricardo.

Os R$ 10 milhões serão destinados para implantar políticas, programas e ações às mulheres. A Secretária Nacional de Políticas para as Mulheres, Fátima Pelaes, fez a entrega para Prefeitura que até 12 de junho estará em pleno funcionamento.

Números alarmantes

Segundo dados do Departamento de Pesquisas Judiciárias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) há um processo judicial de violência doméstica para cada 100 mulheres no Brasil. Além de 388 mil novos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher. Um aumento de 16% em relação a 2016. gendas:

Leg 1 – Prefeito de São João Dória no ato da entrega oficial com a Secretária Nacional de Políticas para Mulheres Fátima Pelaes 

Leg 2 – Vereador Ricardo Nunes com diferentes grupos de mulheres da zona sul que exercem papel de lideranças no empoderamento feminino