Cresce a busca por imóveis residenciais em São Paulo

No último mês de julho, cresce a busca imóveis residenciais, notou um aumento de 26% na em São Paulo em relação a julho de 2019. Os paulistas também mudaram algumas características na escolha desses empreendimentos. Hoje, 57% dos consumidores procuram por imóveis à venda e 43% por locação. Há um ano, 62% estavam interessados em alugar e o outros 38% em comprar.  “Atualmente, o cenário está bem atrativo para aqueles que possuem planos de adquirir imóveis. A menor taxa de juros dos últimos tempos, estabilização de preços, redução de estoques e novas soluções de crédito”, além disso, o atual momento é ótimo para renegociações e propostas.

Outro dado levantado pela pesquisa é o fator da preferência por casas. Em 2019, 55% dos usuários que desejavam comprar imóveis mantinham interesse em apartamentos; outros 45% em casas. Mas, neste ano, isso mudou: 56% estão optando por casas e 44% por apartamentos. Em julho, os bairros mais procurado foi zona sul em busca de locação e para comprar casas em São Paulo foram: Vila Mariana, Interlagos e Santo Amaro, foram mais procurados por quem quer adquirir um apartamento.