Fórum da Zona Sul passa a funcionar em novas instalações

Mantendo o padrão estrutural do imóvel anterior, com espaços mais bem aproveitados e garantindo economia de 72% no custo mensal do aluguel ao TRT da 2ª Região, foi inaugurado, nessa segunda-feira (6), o novo prédio do Fórum Trabalhista da Zona Sul. O imóvel ocupa dois blocos, de quatro andares cada, no condomínio Panamérica Park (av. Guido Caloi, nº 1000, Santo Amaro, São Paulo-SP), a seis quilômetros do endereço antigo. O local abriga também o Cejusc-JT ABC, o quinto centro de solução de disputas do TRT-2.

 “Diante de todas as dificuldades que temos enfrentado, essa economia nos permite continuar atuando com dignidade e atendendo bem o público, que é a principal razão de ser dessa Justiça”, afirmou o presidente do TRT da 2ª Região, desembargador Wilson Fernandes, no discurso de inauguração.

Advogados presentes à cerimônia ou às audiências que ocorriam no Cejusc-JT ABC elogiaram as instalações. “São tão boas quanto as anteriores”, disse Mateus Leão, advogado da General Motors (GM). Ele participou de quatro sessões de conciliação, fechando quatro acordos nesse dia. O advogado das partes, Luciano dos Santos Santana, concordou sobre o novo prédio: “As instalações estão ótimas”.

A unidade de conciliação do ABC foi instalada no local aproveitando a estrutura do Cejusc Zona Sul, por conta da escassez de recursos. Segundo a coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Nupemec-JT2) e vice-presidente administrativa do TRT-2, desembargadora Cândida Alves Leão, “por enquanto, essa foi a solução mais viável. Assim que as condições melhorarem, certamente serão envidados esforços para deslocarmos o Cejusc ABC para a região”.

Acesso

Dois reclamantes – os ex-motoristas José Eduardo Parreira e Lúcio de Souza – foram para a audiência de carro, juntos, do município de Santo André (no ABC paulista) até o Fórum da Zona Sul. Levaram cerca de uma hora no trajeto, mas estavam esperançosos com o encerramento do processo. “Se precisa, a gente vem”, disse José.

O prédio do novo fórum tem acesso facilitado: de carro, está ao lado da Ponte Transamérica; de ônibus, é perto do Terminal João Dias; também ficam próximas as estações Santo Amaro (da CPTM – linha esmeralda; e do metrô – linha lilás). Há estacionamento, restaurante, café e outros serviços no condomínio. A presidente da OAB São Paulo Subseção Santo Amaro, Lisandra Gonçalves, informou que oficiou à Prefeitura de São Paulo requisitando mais sinalização na região, reparos nas calçadas no entorno do imóvel, grades para orientar a travessia de pedestres, entre outras melhorias.

Participaram da cerimônia de inauguração, ainda, a corregedora regional do TRT-2, desembargadora Jane Granzoto; o diretor da Escola Judicial do TRT-2 (Ejud-2), desembargador Adalberto Martins; o diretor do Fórum da Zona Sul, juiz Fernando César Teixeira França (18ª VT); o presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região (Amatra-2), juiz Fabio Ribeiro; e o presidente da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (Abrat), Roberto Parahyba Arruda Pinto.