Governo de São Paulo prioriza transparência sobre enfrentamento a coronavírus

O Governo de São Paulo prioriza a transparência na divulgação de dados de todas as frentes de enfrentamento ao coronavírus no estado. O site saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/ oferece a todos os cidadãos uma ampla base de informações e estatísticas sobre saúde, taxas de isolamento, despesas e gastos no combate à pandemia, decretos estaduais sobre a quarentena e o detalhamento do Plano São Paulo de retomada consciente da economia, entre outras ações.

O site está no ar desde 31 de janeiro e visa facilitar e agilizar o acesso a todo o conteúdo oficial e atualizado diariamente pelo Estado. A transparência na comunicação com a sociedade civil e órgãos públicos e privados é um dos eixos do Governo de São Paulo no combate à pandemia. Além da base de dados, o espaço reúne conteúdo informativo e multimídia para download, dúvidas frequentes e uma seção exclusiva de combate a notícias falsas.

Boletim completo (seade.gov.br/coronavirus/)

Diariamente, a Secretaria de Estado da Saúde e a Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados Estatísticos) divulgam diversas bases de dados sobre o avanço da pandemia em números de casos e mortes, taxas de internação em leitos de UTI e enfermaria exclusivos para COVID-19, além de dados demográficos e de isolamento social.

As informações estão divididas em duas páginas que podem ser alteradas no pé de cada uma. Na primeira, há gráficos clicáveis com o avanço diário de casos, total de infectados e mortes, casos, óbitos e taxas de letalidade por município e um mapa clicável do estado com casos absolutos e taxa de infectados por 100 mil habitantes.

Na segunda, é possível consultar outro mapa e obter dados por município e também por 17 áreas de DRSs (Departamentos de Regionais de Saúde). Há ainda gráficos com as curvas de avanço de casos em números absolutos, novos infectados por dia e as respectivas médias móveis, além dos percentuais de ocupação de leitos hospitalares por pacientes COVID-19.

Todos os dados do boletim completo estão disponíveis para download em formato de tabela, o que facilita o trabalho de pesquisas independentes. O boletim também dá acesso a um repositório de dados e a um documento em formato PDF com as informações oficiais da Secretaria da Saúde e do Ministério da Saúde.

Taxa de isolamento (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/isolamento/)

O SIMI-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo) atualiza diariamente o índice de adesão ao isolamento social no estado. Elaborado pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) da Universidade de São Paulo, o mapeamento abrange 104 municípios com mais de 70 mil habitantes.

O serviço é viabilizado por acordo com as operadoras de telefonia por meio da ABR (Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações) e do IPT, para que o Estado possa consultar informações agregadas e anônimas sobre deslocamento nos municípios paulistas mapeados.

As informações podem ser visualizadas em gráficos percentuais sobre o avanço diário da medição de acordo com a média estadual e dos municípios. Há ainda um mapa clicável com o ranking das 20 melhores taxas municipais por dia, além de dados tabulados o dia 5 de março. Todas as informações também estão disponíveis para download em seis formatos digitais diferentes.

Gastos transparentes (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/transparencia/)

Diariamente, o Governo de São Paulo também atualiza uma seção exclusiva com todos os gastos e despesas estaduais para o combate à pandemia e seus efeitos sobre diversas áreas. É possível consultar a base de dados por secretaria estadual, origem dos recursos, número de processos, nome de item ou finalidade de serviço e empresas contratadas.

As informações consolidadas podem ser visualizadas em forma de gráficos ou ainda em tabulamento individual detalhado. A base de dados está disponível para download em formato de tabela para livre consulta.

Plano São Paulo (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/planosp/)

O Plano São Paulo reúne um conjunto de estratégias sanitárias e critérios científicos para permitir a retomada consciente da economia em todos os 645 municípios do estado.

A página oferece um mapa com o panorama semanal das cinco fases de reabertura de atividades não essenciais em 17 regiões por DRS (Departamento Regional de Saúde) e uma tabela resumida sobre o que pode ou não funcionar e de que forma em cada etapa.

Há também a disponibilidade de 16 protocolos operacionais e sanitários para as diferentes atividades econômicas. Todo o material pode ser consultado online ou via download, assim como protocolos de testagem de COVID-19 em empresas e serviços privados. O site também disponibiliza o e-mail plano@sp.gov.br para dúvidas sobre o Plano São Paulo e o decreto que instituiu o programa.

Doações (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/doacoes/)

A transparência das ações estaduais também se estende à arrecadação de doações de valores, bens e serviços destinados à população carente afetada com mais intensidade pela pandemia e apoio privado ao sistema público de saúde em São Paulo. Nesta seção, é possível ter acesso ao edital com as regras para doações e uma cartilha para que doadores contribuam sem a incidência de impostos.

O Governo de São Paulo também dispõe de listas de materiais preferenciais para doações tanto para o sistema de saúde como para famílias carentes, a relação completa de doações aprovadas até o momento e as parcerias para projetos desenvolvidos pelas Secretarias de Estado.

A página também oferece canais de contato direto para tirar dúvidas sobre as doações. Pelo e-mail doacaodebens@sp.gov.br ou pelo WhatsApp (11) 9-8882-1341, é possível tirar dúvidas e obter informações diretamente com a comissão que organiza as arrecadações segundo os critérios estabelecidos pelo Estado. Também é possível fazer doações em dinheiro via depósito em conta do Fundo Social de São Paulo ou boleto gerado no próprio site de forma simples e intuitiva.

Quarentena e decretos (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/quarentena/)

Esta seção reúne os decretos e resoluções publicados pelo Governo de São Paulo no Diário Oficial do Estado com relação à quarentena iniciada em 24 de março. Além das íntegras dos textos com as regras para atividades essenciais e não essenciais, qualquer cidadão pode consultar as deliberações do Comitê Administrativo Extraordinário sobre complementações e detalhamento das normas gerais da quarentena.

Na mesma página, há ainda uma lista de dúvidas frequentes com vinte perguntas e respostas que oferecem informação de forma rápida e detalhada. Nela, por exemplo, é possível confirmar que o Estado recomenda a suspensão de cerimônias, celebrações, missas ou cultos presenciais, e não o fechamento de templos e igrejas.

Pessoas com deficiência (saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/pessoacomdeficiencia/)

A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência também recebe destaque na transparência das ações de enfrentamento ao coronavírus em São Paulo. O site oferece conteúdo multimídia de forma acessível e dá orientações específicas de prevenção para pessoas com deficiência e seus familiares, além de cuidadores.

A seção também oferece uma lista de contatos para teleatendimento em 17 unidades da Rede de Reabilitação Lucy Montoro na capital e também no interior. O atendimento à distância é um serviço essencial para pacientes de grupo de risco ou aqueles que não conseguem se deslocar com segurança.

Notícias e combate a fake news

A divulgação de notícias oficiais e sobre as ações de combate ao coranavírus é uma importante ferramenta para proteger a saúde pública e levar informações corretas e precisas a toda a sociedade. A página saopaulo.sp.gov.br/noticias-coronavirus/ reúne conteúdo distribuído pelo Governo de São Paulo a veículos de imprensa de todo o estado.

O combate a notícias falsas e distorcidas também é prioridade nas ações de transparência do Estado. Na seção saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/sem-fake-news/, qualquer pessoa tem acesso a informações verificadas, dados oficiais e uma cartilha sobre como identificar e evitar a disseminação de fake news. Há também material disponível para compartilhamento em redes sociais sobre notícias e mensagens falsas desmentidas pelas fontes oficiais.