Governo do Estado premia ações municipais mais inovadoras do ano

O Governo de São Paulo realizou, nesta terça-feira (22), a entrega dos prêmios de nove cidades vencedoras da segunda edição da premiação “Cases Inovadores”, do Programa Parcerias Municipais. A iniciativa, desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), tem como objetivo incentivar e reconhecer iniciativas transformadoras implantadas pelos municípios nas áreas de Saúde, Educação, Segurança e Desenvolvimento Socioeconômico. O montante de prêmios é de R$ 4,5 milhões, a serem repassados às Prefeituras por meio de convênios, sendo R$ 500 mil para cada categoria.

“Essas são Prefeituras que desempenharam seu papel de maneira brilhantemente. Desde o início do programa o objetivo era que cada premiado pudesse servir de exemplo para outras prefeituras e isto está sendo conquistado, não apenas pela referência de um trabalho bem executado, mas também pelo desejo de outros gestores trilharem o mesmo caminho”, afirmou o Governador João Doria

O concurso foi criado em 2021 para premiar iniciativas elaboradas e realizadas que apresentaram resultados significativos na superação dos desafios do programa. Em sua segunda edição, a iniciativa conta com 621 municípios trabalhando em conjunto com o Governo paulista para alavancar a qualidade de vida do cidadão. Foram cadastradas 191 ações inovadoras. Os vencedores foram escolhidos com base nos resultados, replicabilidade e o caráter inovador.

“Hoje estão aqui os municípios que mais se destacaram no estado de São Paulo com projetos inovadores nessa parceria entre Estado e Municípios. Mais do que premiar o objetivo é divulgar essas boas iniciativas para que outros gestores possam replicar em seus municípios, melhorando assim a qualidade de vida da população de cada uma das nossas cidades”, frisou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Os oito desafios propostos aos municípios pelo Programa Parcerias Municipais são: (1) ampliar o acesso à creche; (2) universalizar o acesso à pré-escola; (3) alavancar a qualidade do Ensino Fundamental I; (4) reduzir as taxas de Mortalidade Infantil e Materna; (5) reduzir os óbitos prematuros por Doenças Crônicas Não Transmissíveis; (6) Promover ambientes menos suscetíveis a roubos; (7) Fortalecer as redes de combate à violência sexual; e (8) Mitigar os impactos da pandemia na pobreza e na geração de emprego e renda.

Confira os municípios, iniciativas e resultados premiados na categoria “Cases Inovadores”

Ampliação do acesso à creche

Itu – “Cartão Cidadão”.

Universalizar o acesso à pré-escola

Limeira – “Nenhum estudante para trás: a experiência de busca ativa escolar do município”.

Alavancar a qualidade do Ensino Fundamental I

Ferraz de Vasconcelos – “Projeto Aprendizagem em Ação

Redução da Mortalidade Infantil e Materna

Jacareí – “Projeto Alta Responsável”.

Reduzir os óbitos prematuros por Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs)

Tarumã – “Tarumã do Futuro com Gente Feliz”.

Fortalecimento das redes de combate à violência sexual

Guarulhos – “Projeto Guarulhos Cidade Que Protege”.

Promoção a ambientes menos suscetíveis a roubos

Elias Fausto – “Aplicações em Tecnologia e Frota”.

Mitigar os impactos da pandemia na pobreza e na geração de emprego e renda

Bebedouro – “A efetividade da Política de Assistência Social no enfrentamento das mazelas e dos impactos da COVID-19”.

Multidesafios

Itanhaém – “Gestão Colaborativa para Melhoria do Serviço Público”.