Governo libera R$ 17 milhões para novo centro oncológico Bruno Covas na capital

 

O governador Rodrigo Garcia liberou nesta na segunda-feira o repasse de R$ 17 milhões para o custeio do Centro de Alta Tecnologia de Diagnóstico e Intervenção Oncológica Bruno Covas. O departamento médico especializado, que fica no Hospital Municipal Gilson de Cássia Marques de Carvalho, na zona Sul da capital, foi inaugurado hoje e leva o nome em homenagem ao ex-prefeito do município, que morreu no ano passado em decorrência de câncer.

“Eu não tenho dúvida de que o Bruno representa ideias, sonhos, escolhas que cada um de nós fazemos todos os dias na vida pública, que devem ser permanentemente rememoradas. Esses valores estão vivos dentro da gente. Este é um pequeno passo diante de tantos desafios que temos pela frente”, disse Rodrigo Garcia.

A nova unidade municipal tem capacidade ambulatorial para 108 mil atendimentos por ano e é gerenciada pela Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein. O Centro Oncológico tem estrutura com 23 consultórios, 115 leitos de internação clínica e cirurgia oncológica, além dos 40 leitos para UTI. A estimativa é de que sejam ofertados mais de 96 mil exames radiológicos e 5,4 mil cirurgias ao ano.

A estrutura para tratamento oncológico conta com uma farmácia de alto custo e tecnologia robótica avançada para cirurgias. O local também vai funcionar como centro educativo, com uma sala para disseminação de conhecimento.

“Com esse recurso, teremos a possibilidade de ampliar e melhorar o atendimento contra o câncer para a população utilizando tecnologia de ponta, que permite diagnosticar precocemente o câncer, o que faz com que o tratamento seja bem-sucedido”, afirmou o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.