Maior orquestra do mundo perde um de seus regentes

   A maior orquestra do mundo é a orquestra CCB. Só na Zona Sul de São Paulo conta com milhares de músicos. Ao todo, somando as orquestras da CCB e as orquestras e conjuntos de outras denominações evangélicas, temos ao menos “dez mil músicos” só na Zona Sul da capital. Número expressivo que só é encontrado no meio evangélico em vários países do mundo e a CCB é a instituição que mais forma músicos e musicistas no mundo e é a detentora da maior orquestra sacra formada por voluntários e divididas por conjuntos orquestrais em cada localidade, ou seja, por templo da instituição.

   E para a tristeza de todos um de seus regentes faleceu no dia 24 de abril, com apenas 54 anos. Professor e regente, Izaque Estevo regia um dos conjuntos orquestral da CCB na cidade de Ibiúna Estado de São Paulo. Filho de pais paulistas e nascido na cidade de Loanda no Estado do Paraná, região Sul do Brasil. Estudou música em São Paulo, ainda na sua adolescência, com ensino ministrado nas dependências da própria CCB e também cursou conservatório. A primeira orquestra sob sua “batuta” foi na Zona Sul da capital, onde ministrou curso para músicos e regeu a orquestra por mais de dez anos e em 1994 pediu licença para atuar num novo projeto, deixando o conjunto com mais de 60 músicos e entre eles várias musicistas. Em pouco tempo assumiu uma das orquestras CCB em Ibiúna.

   Deixou esposa, filhos e netos e muita saudade! Foi honrado como cidadão que fez a diferença em Ibiúna. A família do então regente contou com todo o apoio dos Ministros da CCB e inclusive do prefeito da cidade de Ibiúna que cedeu o ginásio de esporte do Centro Olímpico Municipal para realização do velório, bem como o apoio da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar. Recebeu também o apoio dos maçons, tanto na liberação do corpo que estava no necrotério do Hospital do Servidor Público Estadual em São Paulo quanto em Ibiúna. A colaboração da maçonaria não foi surpresa para todos, pois a história maçônica desde o século 18 foi estar ao lado dos evangélicos, como por exemplo, contribuíram para que as igrejas evangélicas fossem instaladas no Brasil. Graças aos maçons o país conta com milhões de evangélicos. O Grande Oriente Maçônico Independente do Estado de São Paulo – GOISP, fez a diferença com irmãos da Loja Liberdade e Perseverança nº 27.

   Os pêsames deste jornalista, dos diretores e demais profissionais do jornal, bem como de todos os maçons, aos familiares do então Regente Izaque Estevo (em memória 1963-2018).