M´Boi Mirim recebe projeto Mutirão nos Bairros

O M´Boi Mirim, na Zona Sul da capital, recebeu neste sábado (1º), das 9h às 15h, ações de zeladoria durante a nona edição do projeto Mutirão nos Bairros.  As atividades foram concentradas no Largo da Piraporinha (altura do 992/1000 da Estrada do M’Boi Mirim ou Avenida Inácio Dias da Silva, s/nº), onde foram realizadas limpeza de postes, muros e dos córregos das ruas  Manoel Siqueira e Bento de Souza. As iniciativa também contou com a execução de capinamento, reforma de calçadas e valetas, plantio de mudas e poda de árvores, além de pintura de guias. A ação contou com mais de 4 mil atendimentos em diferentes serviços e orientações fornecidos gratuitamente à população.

“Em abril nós começamos este programa, não apenas com as ações de zeladoria, mas também com atividades sociais. É isto que estamos fazendo aqui hoje, com o envolvimento de diversas secretarias, atendendo a população e cuidando da região”,  disse o prefeito Bruno Covas durante a visita que fez ao local neste sábado (1º).

O projeto Mutirão nos Bairros é coordenado pela secretária Fátima Marques, da Secretaria Municipal de Relações Sociais. Foi criado para promover ações de zeladoria em várias regiões da cidade, além de levar os serviços ofertados nos equipamentos da administração municipal para próximo da população que mais precisa.

Durante o evento, os profissionais da Secretaria da Pessoa  com Deficiência  promoveu ações como  Selos de Acessibilidade Digital e Arquitetônica,  Programas de Estágio para Estudantes com Deficiência,  Programa Cultura Inclusiva (atividades culturais acessíveis)  e Central de Intermediação de Libras (CIL). As equipes também deram orientações sobre Bilhete Único Especial e atenderam outras demandas.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS)  esteve presente na ação por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) itinerante.  As famílias em situação de vulnerabilidade social puderam fazer o cadastramento no CadÚnico.

Lugar de lixo é no lixo

O bairro também recebeu a campanha de conscientização com a hashtag #lixoénolixo, que tem como objetivo combater a sujeira na cidade chamando a atenção sobre o destino correto dos materiais. Um saco de lixo gigante inflável chamou a atenção da população para o problema. Todos os dias, 20 mil toneladas de lixo são recolhidas na cidade. O volume leva em consideração apenas os dejetos coletados pelos caminhões e o serviço de varrição. A campanha também está presente em todos os canais de comunicação da Prefeitura, em especial as redes sociais.

Saúde

As tendas da Secretaria Municipal da Saúde ofereceram serviços de aferição de pressão arterial e glicemia.As pessoas também puderam tomar vacina contra febre amarela e gripe, além de fazer testes rápidos de HIV. Também estão sendo distribuídos preservativos, kits odontológicos, orientação de DST e  AIDS, assim como avaliação de câncer bucal.

Os profissionais deram orientações sobre o funcionamento dos Centros de Atenção Psicossocial, prevenção de dengue, arboviroses e alimentação saudável. Também fizeram parte da grade de programação ações de saúde masculina e informações sobre instalação e funcionamento do aplicativo Agenda Fácil.

Trabalho e empreendedorismo

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho levou representantes de empresas privadas ao evento. Quem estiver em busca de recolocação profissional pôde se candidatar às vagas oferecidas por elas. O evento também contou com a participação do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), oferecendo a emissão de primeira e segunda vias da Carteira de Trabalho. Bastava apresentar RG, CPF e uma foto 3×4 para obter o documento pela primeira vez.

A Agência São Paulo de Desenvolvimento (Ade Sampa)  disponibilizou informações para quem já tem uma empresa ou se tornar um Microempreendedor Individual (MEI).

Direitos Humanos

Os profissionais da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania estiveram no local para atender denúncias de violência contra mulheres e encaminhar para equipamentos da rede. Também foram distribuídos panfletos com orientações em defesa da mulher.

Houve ainda acolhida e escuta para defesa de direitos (Ouvidoria). Uma Unidade Móvel (LGBTI esteve no local, informando serviços e programas com orientações sobre como agir em caso de denúncias de violência e discriminação (LGBTI). A SMDHC levou ao mutirão do M´Boi uma exposição de tapetes confeccionados por moradores em situação de rua, organizada pela Coordenação de Pop Rua.

A Secretaria Municipal de Cultura  participou oferecendo uma programação com dança do ventre, balé e música sertaneja. Entre 10h e 15h, acontece a Viradinha, programação infantil com contações de histórias e oficinas.

COHAB

A Cohab realizou a entrega de termos de quitação para moradores convocados do conjunto habitacional Promorar Jardim São Luís. Além disso, a van de atendimento Cohab na Área prestou serviços para a população presente como: agendamento na central da Cohab, esclarecimento e orientações sobre contratos, transferências,  boletos e outras dúvidas. Durante o mutirão também foram apresentadas as campanhas de conscientização: Não seja enganado; Desplugando e Conviva bem.

Na agência móvel da Sabesp,  a população pôde retirar segunda via da conta de água, solicitar parcelamento de dívidas e fazer pedidos de serviços, entre outras ações.  Bebedouros também foram disponibilizados pela companhia. Houve distribuição de folhetos com informações sobre o  app Sabesp,  limpeza da caixa-d’água e uso consciente da água.

Casa de Cultura do M’ Boi Mirim

Antes de visitar as ações do Mutirão nos Bairros, o prefeito Bruno Covas esteve na Casa de Cultura do M’ Boi Mirim para conferir as obras de reforma no equipamento, que passará a fornecer diversas atividades gratuitas para a população. 

“A casa de Cultura foi requalificada. Ela é uma das 19 que encontramos e que estamos reformando para melhor atender a população com atividades de cultura e de lazer”, disse o prefeito.

Confira o balanço dos atendimentos prestados:

Público estimado: 1.500 pessoas durante todo o evento.

Cohab: 76 atendimentos

Adesampa: 6 atendimentos referente orientação de MEI

CAT’e: 64 atendimentos sobre emprego

Carteiras de trabalho emitidas: 17

Supervisão de Assistência Social M’ Boi Mirim: 180 atendimentos sobre programas sociais

Saúde

34 vacinas aplicadas febre amarela

384 vacinas aplicadas Influenza (H1N1)

93 testes realizados de HIV

500 atendimentos + 500 kits de higiene bucal distribuídos pelo Grupo de Orientação Saúde Bucal

Saúde do homem: 200 atendimentos

Auricolaterapia: 318 atendimentos

Teste Glicemico: 452 pessoas

Aferição Pressão Arterial: 450 pessoas

Agenda Fácil: 254 atendimentos quanto ao uso do aplicativo

Sinantrópicos: 600 atendimentos com demonstração dos animais como escorpião e cobras.

Alimentação Saudável: 104 atendimentos sobre nutrição

PAVS – CEJAM

387 atendimentos com maquetes sobre reciclagem de lixo, coleta seletiva e compostagem.

CAPS

Orientação referente álcool e dependência química: 62 atendimentos

CAPS oficinas: 105 pessoas atendidas

Economia Solidária: 62 pessoas orientadas