Prefeitura de SP diz que depredação durante atos de sexta causou prejuízo de R$ 266,5 mil

Prefeitura de São Paulo informou neste domingo (30) que “contabilizou um total de R$ 266.500,00 em prejuízos a bens públicos, tais como lixeiras e sinalização de trânsito, em razão das depredações ocorridas na sexta-feira (28)”.

A Prefeitura reafirmou que acionará a Justiça para recuperar o prejuízo ao erário público e obter indenização. No sábado (29), o prefeito João Doria que, além da multa estipulada pela Justiça, vai cobrar dos sindicatos que aderiram à paralisação todos os prejuízos causados à cidade durante as manifestações desta sexta. Pontos de ônibus e placas de sinalização de trânsito foram depredadas na parte final do ato.

“O Bruno Covas e os prefeitos regionais já foram orientados também a levantar o prejuízo e vamos cobrar também de todos os sindicatos que assinaram com balãozinho, camiseta e bonés, vão dividir a conta”, disse o tucano após participar de mais uma etapa da operação Cidade Linda, desta vez na região Avenida Brigadeiro Faria Lima, na Zona Sul da capital.

Prefeitura de São Paulo diz que vai mandar conta de prejuízos para sindicatos

Prefeitura de São Paulo diz que vai mandar conta de prejuízos para sindicatos

“Nós estamos contabilizando os prejuízos e vamos cobrar. Assim como vamos cobrar a multa de meio milhão de reais que a Justiça estabeleceu para o sindicato que parasse os serviços básicos de transporte público, de pneus. A multa será cobrada. Não tem negociação. Vão pagar meio milhão de reais que é o que a Justiça determina”, completou ele.

Ponto de ônibus foi pichado e quebrado na Avenida Pedroso de Morais (Foto: Glauco Araújo/G1)

Ponto de ônibus foi pichado e quebrado na Avenida Pedroso de Morais (Foto: Glauco Araújo/G1)

A Polícia Militar informou que 39 pessoas foram conduzidas a delegacias de todo o Estado durante as manifestações. Destas, 26 foram responsabilizadas por delitos. Três policiais e dois civis ficaram feridos, todos no interior. Na Capital e Grande São Paulo, o último levantamento era de 21 detidos.

(CORREÇÃO: O G1 errou ao informar no título dessa reportagem que o prejuízo foi de R$ 266,5 milhões. O valor correto é R$ 266,5 mil. O título foi corrigido às 14h19)

PM usa bombas de efeito moral e balas de borracha em ato perto da casa de Temer

PM usa bombas de efeito moral e balas de borracha em ato perto da casa de Temer

Placa de sinalização da Praça Panamericana foi arrancada pelos manifestantes e jogada na rua (Foto: GloboNews/Reprodução)Placa de sinalização da Praça Panamericana foi arrancada pelos manifestantes e jogada na rua (Foto: GloboNews/Reprodução)

Placa de sinalização da Praça Panamericana foi arrancada pelos manifestantes e jogada na rua (Foto: GloboNews/Reprodução)

Grupo picha ponto de ônibus no Centro de São Paulo (Foto: Marcelo Brasil/TV Globo)

Grupo picha ponto de ônibus no Centro de São Paulo (Foto: Marcelo Brasil/TV Globo)