Prefeitura dobra recursos para zeladoria da cidade em 2020

O prefeito Bruno Covas anunciou nesta terça-feira (1º), durante reunião mensal dos 32 subprefeitos da capital, realizada no Mercadão Municipal, que os recursos para zeladoria na cidade em 2020 serão o dobro do investido este ano. Passam de R$ 1,5 bilhão para R$ 3 bilhões, conforme previsto na Proposta da Lei Orçamentária entregue na Câmara Municipal, na última segunda-feira (30).

“O impacto deste aumento se refletirá positivamente nas ações destinadas a toda a cidade, mas em especial aos bairros mais periféricos”, disse Covas.

Na reunião também foram apresentados indicativos dos resultados aferidos nos trabalhos de zeladoria dos últimos meses, que apontaram para o menor índice da série histórica de estoque das solicitações não atendidas no SP 156.

“Temos de comemorar esse índice, com certeza reflexo do trabalho que estamos fazendo ao longo dos últimos meses”, ressaltou Covas.

O prefeito explicou que hoje a Prefeitura responde às demandas numa velocidade muito maior do que antes, fazendo mensalmente mais do que é solicitado pela população. Isso faz com que o estoque de solicitações esteja diminuindo. “Tenho certeza que nós vamos chegar ao final do ano que vem deixando a cidade bem melhor do que nós encontramos em janeiro de 2017, quando nós tínhamos centenas de milhares de solicitações não atendidas, com um prazo médio, dependendo do serviço, que girava em torno de um ano”, acrescentou.

Bruno Covas fez questão de reiterar o compromisso de sua gestão com a população mais necessitada, orientando os subprefeitos a estarem sempre presentes nas ruas, acompanhando o dia-a-dia da população local e se reunindo com a sociedade civil organizada da região.

“Se tem uma determinação é estar na rua, conversar com as pessoas, levar as demandas, conseguir corrigir eventuais rotas, melhorar ainda mais os serviços que estão sendo feitos”.

Covas finalizou dizendo que o trabalho em equipe é um dos maiores resultados desta gestão. Ações como o planejamento de longo e médio prazo, com envolvimento dos munícipes, propiciam que as subprefeituras consigam mais verbas e que sejam lugares mais acolhedores, resultando em um espaço de encontro de multiplicadores. “Essas ações propiciam um maior conhecimento dos projetos e programas da Prefeitura e mais eficiência nos serviços ofertados aos paulistanos”.