Prefeitura intensifica vistorias nos alojamentos de atletas em clubes da capital

Prefeitura de São Paulo está intensificando as vistorias nos alojamentos de atletas em clubes esportivos da capital. A medida foi anunciada na manhã desta quarta-feira (13), após uma reunião na sede da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEME), com a presença de representantes de Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Portuguesa, Nacional, Juventus e da Federação Paulista de Futebol.

“O acompanhamento feito pela Prefeitura e seus órgãos de fiscalização é contínuo. O que acontece neste momento é que se torna prioridade a questão da inspeção específica dessa prática de uso de alojamentos que pode vir a oferecer risco para os atletas”, destacou o secretário municipal de Esportes e Lazer, Carlos Bezerra Jr.

Na tarde de terça-feira (12), os clubes foram notificados sobre a obrigatoriedade de manter todos os alojamentos dentro das condições adequadas e foi deflagrada uma ação para intensificar as fiscalizações nos alojamentos de cada time.

“Todos os clubes que não estão com as suas atividades em sintonia com a legislação foram orientados a suspender o funcionamento desses alojamentos imediatamente para que seja feita uma avaliação”, diz o secretário.

Um grupo de trabalho composto pelas secretarias de Esportes e LazerUrbanismo e LicenciamentoSubprefeituras e Justiça foi criado para cuidar dessas averiguações e haverá um prazo de 90 dias para inspeções, avaliações, acompanhamento e, em casos nos quais sejam verificados riscos, haverá a interdição do espaço pelo poder público.

Durante as vistorias serão observadas todas as medidas de segurança dentro das edificações, tanto na construção como nas adaptações. Os imóveis precisam estar dentro das normas federais, estaduais e do código de edificações do município, no que diz respeito a instalações elétricas, para-raios, rotas de fuga, escadas, acessibilidade, questões estruturais, itens de prevenção e combate a incêndios, entre outros.   

“O grupo de trabalho começa nesta terça-feira e tem uma meta de em 90 dias ter todos os clubes da cidade com alojamentos regularizados”, afirmou Carlos Bezerra Jr.

Outros clubes

A ação começou pelos grandes clubes e será estendida a outros órgãos,  federações e sindicatos, nas diversas modalidades, como basquete, vôlei, futsal e outras, que irão receber ofício solicitando um levantamento completo de todos os clubes da capital que ofereçam alojamentos para atletas. A partir deste levantamento será feita a fiscalização dos locais.