Prefeitura lança programa para reduzir espera por consultas em dermatologia

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta terça-feira (27) um programa dermatológico que irá ampliar a oferta de atendimento à população nesta especialidade. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde, o Hospital Albert Einstein e o Centro de Integração de Educação e Saúde Global (Cies). Hoje, há cerca de 65 mil pessoas que aguardam pela primeira consulta de dermatologia no município. A expectativa é que a fila seja normalizada até o fim deste ano. 

“Esta iniciativa está dentro do programa Doutor Saúde. Com isso nós vamos reduzir drasticamente as filas de exames dermatológicos na capital de São Paulo. Todos os procedimentos seguem os princípios de transparência e esta doação tem um valor estimado em R$ 1 milhão”, disse o prefeito João Doria.

O objetivo principal do projeto é a diminuição no tempo de espera para atendimento na especialidade de dermatologia para cerca de 30 dias, com triagem rápida para os casos de câncer e qualidade na resolução dos casos. Além disso, prevê a capacitação dos clínicos gerais, que irão adquirir maior autonomia para, no futuro, resolver um maior número de casos dermatológicos eles próprios. Para isso, serão utilizados modernos recursos de telemedicina, pelos quais exames e resultados são consultados e entregues de forma digital, o que dará agilidade no atendimento e melhor resolutividade aos casos.

Os pacientes da fila serão informados do agendamento pelo sistema de regulação do município, com confirmação pela central 156 da Prefeitura. No dia do procedimento, serão coletados dados clínicos – incluindo histórico, sintoma e as imagens fotográficas das lesões, segundo protocolos internacionais adaptados pelo Hospital Israelita Albert Einstein e implementados em um sistema de apoio à teledermatologia.

Essas informações serão passadas online para avaliação dos dermatologistas do Einstein, e os laudos produzidos, reencaminhados ao atendimento da rede básica do município, de acordo com necessidades específicas: os casos em que a recomendação for um tratamento por medicamentos serão encaminhados aos clínicos gerais de origem. Já os que demandarem procedimentos cirúrgicos serão encaminhados para os hospitais referenciados e/ou para a nova Carreta Dermatológica que está sendo lançada nesta data, como parte da expansão do programa Doutor Saúde. As suspeitas de câncer com recomendação de biópsia ou retirada de lesão terão prioridade nesse encaminhamento.

A carreta, operada pelo Cies Global, parceiro da Prefeitura de São Paulo, prestará atendimentos de dermatologia para os pacientes encaminhados, oferecendo consultas, exames laboratoriais, biópsias e procedimentos de retirada de lesões. O equipamento contará ainda com um laboratório para a realização de exames pré-operatórios, garantindo uma resolução rápida para os casos com necessidade de cirurgia. A carreta acompanhará o programa dermatológico nas diversas regiões da cidade, levando o atendimento para perto da população e evitando grandes deslocamentos dos pacientes que necessitarem de atendimento especializado.

Inicialmente, o projeto será implantado na Supervisão de Santo Amaro/Cidade Ademar da Regional Sul, com os primeiros atendimentos de coleta previstos para o próximo dia 17 de julho, no Hospital Dia Rede Hora Certa de Santo Amaro. A expectativa é que o laudo esteja disponível em até sete dias. A unidade de origem agendará a consulta de retorno com o clínico geral, enquanto os serviços de Hospital Dia e a Carreta Dermatológica ficarão responsáveis pelo agendamento dos procedimentos que exijam intervenção.

“Este projeto é importante, pois, além de diminuir o tempo de espera para quem precisa de uma avaliação de um dermatologista, faz uma triagem eficiente dos casos, otimizando a oferta de vagas. Há ainda a possibilidade da incorporação da telemedicina na rotina do atendimento de clínica geral, capacitando esses profissionais e facilitando o encaminhamento dos casos, dando agilidade aos atendimentos e proporcionando um atendimento de qualidade para o paciente no menor tempo possível”, salienta Wilson Pollara, secretário municipal da Saúde.

O projeto será ampliado gradativamente para as outras supervisões da região sul da cidade e, posteriormente, para as outras regiões, de forma escalonada. Assim, a demanda gerada será absorvida normalmente pela rede de atendimento e a fila de espera por avaliação com dermatologista, normalizada até o final deste ano.

Doutor Saúde

Lançado em março deste ano, o programa de consultas e exames em unidades móveis, Doutor Saúde, tem o objetivo de promover a prevenção de problemas de saúde por meio do acompanhamento, monitoramento e diagnóstico precoce. Com a carreta entregue na manhã de hoje, são seis já em operação, que percorrem a cidade em sistema de rodízio, permanecendo por um mês em cada bairro.