Programa Minha Biblioteca dará livros infantis e infanto-juvenis a estudantes

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), lançou nesta quinta-feira (1º) o Programa Minha Biblioteca, na Biblioteca Mário de Andrade, na região central da capital.

O objetivo do projeto é promover o acesso e fomentar o hábito da leitura dos estudantes da rede municipal, por meio da entrega de livros infantis e infanto-juvenis. Para cada um dos três ciclos do ensino fundamental – Alfabetização (1º ao 3º), Interdisciplinar (4º ao 6º) e Autoral (7º ao 9º) –, foram selecionados 70 títulos. Cada criança receberá dois livros e poderá trocá-los com os colegas ao longo do ano letivo.

As 561 unidades educacionais serão contempladas a partir de dezembro, – 547 escolas de ensino fundamental (EMEFs), oito de nível fundamental e médio (EMEFMs) e seis de educação bilíngue para surdos (EMEBs)  – assim como  todos os seus estudantes (aproximadamente 430.000) , totalizando a compra de aproximadamente 860.000 livros, divididos pelos 210 títulos selecionados. O investimento para o Programa Minha Biblioteca foi de R$ 17.000.000,00.

 “Distribuir livros e, assim, estimular o gosto pela leitura, é um projeto que ultrapassa os muros da escola. Esse hábito, tão saudável e necessário nos dias de hoje, deve se estender também aos pais e familiares dos nossos alunos”, afirma Alexandre Schneider, secretário municipal de Educação.

Os títulos apresentados pelas editoras foram avaliados pela comissão de servidores da SME com formação e experiência na área, designados pela portaria nº. 6.600/2018, publicada em 5 de setembro,  de acordo com o edital publicado no Diário Oficial em 13 de setembro.