Programação cultural da Belmonte /julho/2018

CONTO, CANJICA E QUENTÃO – CIA. A HORA DA HISTÓRIA – Para acompanhar o clima de festa de São João, vinho quente e paçoca, a Cia A Hora da História traz uma contação de histórias com contos tradicionais bem brasileiros, que são encontrados em diversas regiões de nosso país, acompanhados de músicas de festa junina e brincadeiras musicais populares tocadas ao vivo. Agora, é só diversão! E viva São João! Livre | Indicado para o público infantil. Dia 17/07, terça-feira, às 14h30.

MÚSICA

CRIANÇA DA TERRA – GRUPO FOLIAS E FOLGUEDOS – Espetáculo cênico-musical-interativo visa transmitir a rica vivência da cultura tradicional brasileira para o público infantil, partindo do princípio que brincar e cantar são formas de conhecer o mundo, que inclui tradição, música e movimento. Concebido pelo artista e arte-educador Inimar dos Reis. Livre  Indicado para o público infantil. Duração: 50 min – Dia 24/07, terça-feira, às 14h30.

TEATRO

100 + NEM MENOS – CIA. NOZ DE TEATRO –  O espetáculo “100 + Nem Menos” aborda os primeiros contatos da criança com o universo dos números, da matemática e do desenho, onde o contar ou riscar se apresentam de forma lúdica em seu cotidiano. A encenação não usa texto, e de uma técnica original de animação de objetos, linhas coloridas flutuam pelo ar formando algarismos, bonecos e figuras inspiradas no traço infantil, que surgem e desaparecem de forma inesperada. Com técnicas de teatro, dança e animação de objetos e bonecos, os esquetes reinventam brincadeiras folclóricas e temas do cancioneiro popular. A trilha sonora contém músicas cantadas ao vivo e outras compostas especialmente para a encenação. Imagens, ora remetem à arte Naif, às garatujas infantis e aos quadros de Joan Miró e Paul Klee e ora brincam com conceitos primários da Matemática. Livre, 60 min. Dia 06/07, sexta-feira, às 14h30. SUJEITO A ALTERAÇÃO DEVIDO AOS JOGOS DA COPA FIFA.

RECONTANDO UMA AVENTURA – Dois garis trabalham em sua rotina diária, fazendo a limpeza de uma esquina qualquer da cidade. Carregam uma grande lixeira, repleta de sucatas recolhidas em seu dia de trabalho. É quando, por meio de uma simples lembrança, embarcam em uma aventura inesperada, recontando, de forma extremamente criativa, lúdica e bem-humorada, o clássico “Moby Dick”. Livre. Duração: 60 min. Dia 31/07, terça-feira,  às 14h30.

 EXPOSIÇÕES

 VISAGENS – VISÕES COMUNS, VISÕES SUBLIMES:  Exposição permanente, composta por xilogravuras feitas por Ernesto Bonato a partir de retratos também realizados pelo artista, de pessoas que circulam, trabalham ou moram no entorno da biblioteca. Homenageia a arte popular na figura de homens e mulheres comuns, depositários e vivificadores da cultura brasileira. Exposição permanente no saguão da Biblioteca.

EXPOSIÇÃO DOS TRABALHOS EM XILOGRAVURA Telas produzidas pelos alunos, durante as aulas dos cursos de xilogravura e quadrinhos em xilogravura dos professores Valter Eduardo e Ezequiel, na sala de oficinas.

VISITAS MONITORADAS – Agendamento pelo telefone 5687-0408, com Dorinha ou Jomar