Residencial Espanha em fase final de obras na zona Sul

Está em fase final de obras o Residencial Espanha, na Cidade Ademar. A seleção de famílias também está em andamento. Serão 3.860 unidades, em construção desde 2015. É todo um novo bairro, nas proximidades da Estrada do Alvarenga e da Represa Billings, região conhecida como Balneário São Francisco e Jardim Apurá, zona sul da cidade de São Paulo.

O Residencial faz parte do programa Minha Casa, Minha Vida, financiado pela Caixa Econômica Federal. Será a maior entrega de unidades habitacionais dos últimos anos no município de São Paulo. Um atrativo para todos que buscam casa em toda a zona Sul de São Paulo – e também para eventuais aproveitadores.

A Prefeitura segue critérios rigorosos para a seleção das famílias. São pessoas removidas de áreas de risco, moradoras de locais de obras do Governo Federal (do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, por exemplo) ou de áreas de obras de preservação da região dos Mananciais (represa Billings). Muitas dessas famílias aguardam atendimento habitacional há mais 8 anos.

Por ser um programa de cunho social, é expressamente proibida a compra ou a venda de unidades habitacionais do Residencial Espanha. Todas as famílias receberão as chaves. Conforme critérios do Programa Minha Casa, Minha Vida, as unidades não poderão ser comercializadas ou alugadas por um período dez anos.  Mesmo assim, nesses casos sempre aparecem pessoas que tentam, irregularmente, comercializar os apartamentos.

A Caixa Econômica tem atuação direta na análise da ocupação dos imóveis, que ocorre logo depois da entrega do empreendimento. Nesta fase, a Caixa verifica se todos os imóveis estão ocupados pelos legítimos beneficiários. Caso o imóvel seja ofertado à venda ou à locação, estará caracterizada a irregularidade. Neste caso, a Caixa Econômica Federal pode pedir na Justiça a retomada do imóvel.

Um novo bairro a caminho

A conclusão do Residencial Espanha será um importante marco para as políticas públicas de moradia popular. Vai levar mais infraestrutura para a região, e mudará a dinâmica do bairro.

Os 3.860 apartamentos do Residencial Espanha são distribuídos em 193 prédios (20 apartamentos em cada prédio), organizados em 14 condomínios. Haverá, também, 84 lotes comerciais, áreas de convívio condominial e lazer. Os condomínios terão guarita, depósito de lixo, vias internas pavimentadas com vagas de estacionamento, áreas de lazer com quadra esportiva, salão de festas e áreas verdes. Os apartamentos, em si, são de dois dormitórios, sala, banheiro social, cozinha e área de serviço, em 43,27 m² de área útil.

Foram investidos R$ 379 milhões para construção do conjunto, com recursos dos governos federal, estadual e municipal. O terreno tem cerca de 800 mil m². Desse total, 250 mil m² foram destinados para a construção dos condomínios; os demais 550 mil m² serão incorporados pela Secretaria Municipal do Verde para construção do Parque Municipal dos Búfalos, com áreas de lazer, descanso e cultura. Também haverá uma área institucional com equipamentos de assistência social e educação.