SP Mais de 60 artesãos são credenciados e qualificados pela Prefeitura de SP

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, realizou na última quinta-feira, 18 de novembro, a qualificação e o credenciamento de mais de 60 artesãos, que passaram a integrar o programa Mãos e Mentes Paulistanas. A ação aconteceu no bairro Capela do Socorro após três dias de qualificação sobre conceitos importantes do empreendedorismo.

“Ações como essa de credenciamento e integração do Mãos e Mentes Paulistanas são muito importantes para o fomento do empreendedorismo manualista na nossa cidade, que tem o artesanato como uma vocação”, afirma a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso. “Pequenas ações como esta são imprescindíveis no processo de retomada econômica”, finaliza.

A iniciativa, realizada em parceria com a Rede Asta e Ade Sampa, além de credenciar também formalizou 5 artesãos como MEI – Microempreendedor Individual. O principal objetivo do credenciamento no programa é fortalecer o setor artesanal, possibilitando a geração de renda dos artesãos da da capital, por meio de um ponto fixo de comercialização de produtos.

“Após 60 anos acordei acreditando que ainda dá tempo para tudo! Esse curso me ensinou muitas coisas, sobretudo a valorizar o meu trabalho. Eu fazia com muito amor, mas não sabia colocar preço na minhas peças. Muito obrigado Mãos e Mentes Paulistanas, por me dar essa oportunidade”, relata Mauriceia Galdencia Medeiros, uma das artesãs que participou da iniciativa.

Sobre o Mãos e Mentes Paulistanas

Lançado em 2019, tem como objetivo a melhoria da atividade econômica e social para empreendedores artesanais e manualistas da cidade. A iniciativa promove diversas atividades que fortalecem o ecossistema, além de estimular a inclusão produtiva, o acesso a mercado e o desenvolvimento econômico local.

As ações trabalha por eixos de atuação, como o cadastramento municipal de empreendedores do setor para manter informações atualizadas; a promoção de cursos e oficinas de capacitação e o acesso ao mercado e participação em eventos.

O curso de qualificação, que já formou mais de 400 alunos, oferece conteúdos relacionados a vendas on-line, organização financeira, cooperativismo, sustentabilidade, plano de negócios, planejamento de coleção, fotografia de produto, entre outros temas que serão fundamentais para o artesão aumentar suas vendas e destacar o seu empreendimento. Para participar da qualificação é necessário estar habilitado pelo programa Mãos e Mentes Paulistanas.

O programa realiza credenciamento e habilitação de artesãos e manualistas, basta acessar o credenciamento on-line pelo Portal 156, ou comparecer as terças-feiras presencialmente na Secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, localizada na Av. São João, 473, 5° andar, das 09h30 às 15h30. Neste caso o empreendedor deve levar consigo as seguintes documentações: RG, CPF e Comprovante-de-residência.