Studio Sp: Jup Do Bairro Alexandre Nero Fernando Catatau E Roda De Samba Estão Na Programação De Maio

Entre as diversas novidades da programação do Studio SP para maio de 2022 – o primeiro show em São Paulo da turnê Corpo Sem Juízo, de Jup do Bairro, depois do Lollapalooza, bem como o show de lançamento do disco inédito de Alexandre Nero – está a estreia da Roda de Samba do Studio SP com Dessa Brandão, no dia 15 de maio.

Em sintonia com o intuito da casa de apresentar novos artistas e formar público, o projeto com entrada gratuita se volta para os novos e jovens sambistas da cidade, conduzido pela cantora e cavaquinista Dessa Brandão. Dessa vem se destacando em diversos espaços da cidade desde que lançou o Batuque de Lara, trio de pagode composto por mulheres pretas, em 2017. Atualmente, ela prepara seu primeiro álbum.

A primeira edição da Roda de Samba do Studio SP acontece no dia 15 de maio de 2022, um domingo. Nesse dia, a casa abre às 15h e a roda tem entradas às 16h e 18h. A entrada é gratuita mediante apresentação do comprovante de vacinação em dia.

Veja a agenda completa de maio de 2022 no Studio SP:
• 4/5 – Kimani e Fabiô | Cedo e Sentado
• 5/5 – Fernando Catatau part. Giovani Cidreira, Yma e Juliana R
• 6/5 – Noite Fora do Eixo
• 7/5 – Baile do Pagu
• 11/5 – Ctrl+N e Davi Bandeira | Cedo e Sentado
• 12/5 – Antônio Neves e Sophia Chablau e uma Enorme Perda de Tempo | Noite Coala
• 13/5 – Jup do Bairro com banda
• 15/5 – Roda de Samba do Studio SP com Dessa Brandão e convidados
• 18/5 – Troá e Gabriela Brown | Cedo e Sentado
• 19/5 – Lúcio Maia e Macaco Bong
• 20/5 – Alexandre Nero
• 21/5 – Baile do Simonal com Wilson Simoninha e Max de Castro
• 25/5 – Malu Maria e Betina | Cedo e Sentado
• 26/5 – Sergio Guizé
• 27/5 – Beraderos
• 28/5 – Yung Buda
• 29/5 – Roda de Samba do Studio SP com Dessa Brandão e convidados
Os ingressos estão disponíveis na Eventim e no site studiospaugusta.com, na aba “Programação e ingressos”.

Todos os eventos têm exigência do passaporte de vacinação completo (incluindo a dose de reforço, quando possível).

Cedo e Sentado

Com o projeto gratuito Cedo e Sentado – voltado à formação de público para novas bandas e democratização do acesso à música –, o Studio SP criou e ajudou a consolidar entre 2005 e 2013 uma plataforma de lançamento de novos artistas e a base de uma micro economia criativa que por muito tempo se mostrou auto sustentável para as bandas residentes da casa.

O projeto retoma na nova fase do Studio SP com a mesma proposta e atento às novidades da música brasileira. O Cedo e Sentado acontece às quartas-feiras, com abertura da casa às 20h, e entrada livre no Studio SP (Rua Augusta, 591). É só chegar! São dois shows completos, um de cada artista.

Em 2022, a casa fechou uma parceria com o “Nossa Terra Tem Janelas”, uma iniciativa de curadoria, conexão e produção cultural para a valorização da música autoral LGBT brasileira, para a realização de uma noite por mês no projeto Cedo e Sentado.

Entre os artistas que tocaram no projeto desde 2021, estão Ashira, Chinv, Malu Magri, Rico Manzano, Bruno Bruni, Nina Maia, Chico Bernardes, Bike, Crime Caqui, Marina Melo, 2DE1, Gaê e muitos outros.

Studio SP

Poucos espaços destinados a shows e artes no país foram tão emblemáticos como o Studio SP. Em 2021, oito anos depois do encerramento das atividades, a casa paulistana retornou com foco no momento de retomada cultural da cidade.

A iniciativa temporária e prevista para acontecer até dezembro de 2022 é fruto da parceria entre o fundador do Studio SP, Alê Youssef, e a cerveja Heineken®. Também participam do projeto, como sócios, o empresário e presidente do Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, Alê Natacci, e como sócio minoritário Ronaldo Lemos, apresentador do programa Expresso Futuro e ex-curador do Tim Festival. O Studio SP será no mesmo imóvel que ocupava na Rua Augusta, 591.

A parceria com a Heineken® é mais um passo na plataforma da marca chamada Green Your City, que visa garantir que espaços sociais urbanos se mantenham como ambiente de convívio, difusão de vozes diversas e reflexões a respeito do futuro das cidades.

O Mercado Bitcoin é outro apoiador da casa. “O Mercado Bitcoin acredita que o desenvolvimento da cultura é uma forma de inclusão social. Estamos muito felizes por poder incentivar a revelação de talentos que transformarão a sociedade, tornando-a mais representativa. Essa parceria com o Studio SP será marcada por ações e projetos inovadores envolvendo música, arte, dança e outras formas de expressão artística”, comenta Gustavo Chamati, fundador do Mercado Bitcoin.

O espaço do Studio SP voltado para a inovação, democracia e mistura de novas ideias traz uma conexão com o cenário da nova economia digital. A parceria com o Mercado Bitcoin, fortalece esses ecossistemas e traz protagonismo para a retomada do incentivo à cultura.

A reabertura será temporária, com programação até dezembro de 2022.